Fluminense x MTV: a história revelada



O final dos anos 90 não foi uma época agradável para os torcedores do Fluminense, que sofreram com seguidos rebaixamentos. Quem não sofreu, e ainda se deliciou com tudo isso, foram os rivais. Mas há um capítulo neste trecho da história do time tricolor que se tornou uma verdadeira lenda do mundo do futebol. E não estamos falando do Fluminense 2x3 Lagartense, que é uma óbvia piada espalhada pela internet. Estamos falando de um confronto ainda mais impressionante e surreal. Um duelo entre Fluminense e uma equipe da MTV.

Bom, se você tem em torno dos 20 a 30 anos, deve ter acompanhando grandes momentos desta moribunda emissora de TV. A MTV resolveu patrocinar o Tricolor das Laranjeiras, sabe-se lá por qual razão. Em uma ação entre clube e patrocinador, decidiram realizar um amistoso beneficente. O problema é que o Fluminense havia recém sido rebaixado para a série B do Campeonato Brasileiro. O técnico Edinho Nazareth sequer quis participar do evento e declarou na época: "Não vou ficar no banco para comandar um jogo de cata-cata". 

O duelo aconteceu no dia 1º de dezembro de 1997, no não menos mítico estádio de Moça Bonita, em Bangu. O Fluminense venceu pelo elástico placar de 12 a 0. Os gols foram marcados por Roger (2x), Arthur (2x), Flavinho, Dirceu, Jorge Luís, Yan (2x), Cadu, Marcelo Cardoso e Márcio Costa. Isso tudo em apenas 50 minutos, já que a partida foi disputada em dois tempos de 25. O árbitro da partida foi Daniel Pomeroy, que já foi árbitro FIFA.

Não conhece a maioria desses jogadores do Flu? Mas aposto que o time da MTV é bem mais familiar. Entraram em campo os seguintes "jogadores": Andreas Kisser e Igor Cavalera (Sepultura), Lello e Samuel (Skank), Frejat e Guto Goffi (Barão Vermelho), os VJ's Edgar e Rodrigo, Dado Villa-Lobos (Legião Urbana), Toni Garrido (Cidade Negra), o cantor Ivo Meirelles e o ator e líder da Blitz, Evandro Mesquita.

"A gente também não achou legal aquele jogo. Não tínhamos motivos para festejar", disse o meia Yan, em entrevista ao jornal Extra, do Rio de Janeiro. Entretanto, foram arrecadados 3.500 kg de alimentos não perecíveis, como doação a Fundação Cazuza, pelo Dia Internacional de Combate à Aids. Pela internet, criou-se o mito de que o placar teria sido 12 a 1, com o gol da MTV sendo marcado pelo VJ Cazé Peçanha. Mas nossa pesquisa sequer encontrou registros da participação de Cazé no amistoso, quanto mais de ter marcado um gol. Confira abaixo o único registro em vídeo disponível na internet dessa partida:


***
Texto originalmente escrito em 29 de julho de 2015 no blog Escrevendo Futebol.

0 comentários:

Postar um comentário

Deixe seu comentário